CAPOEIRAS –

ARTISTA: DANIEL MARENCO

Com larga trajetória no fotojornalismo e na fotografia documental, Marenco notabiliza-se como um dos melhores fotógrafos do país na atualidade. Sua carreira passa pelas redações dos maiores jornais do país e por diversos assuntos. Sua fotografia esteve perto dos últimos quatro presidentes do país, também cobriu intensamente as manifestações de 2013 e o processo de impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff. Documentou muitas tragédias, como a de Mariana e Brumadinho. Já cobriu eventos internacionais que vão desde os jogos Panamericano até o terremoto no Nepal ou a desmobilização da Missão de Paz no Haiti. Tem ainda no currículo a Olimpíada do Rio em 2016 e a Copa do Mundo de 2014. Com seu trabalho fotojornalístico foi finalista do Esso, o oscar do jornalismo brasileiro, por duas vezes, em 2009, em duas categorias, com o especial sobre o Presídio Central de Porto Alegre e em 2015, com uma dupla indicação, pelas fotos ‘Terremoto em Katmandu‘ publicada na Folha de São Paulo e ‘Marcado a ferro e fogo‘, capa do Jornal O Globo. Marenco se caracteriza por uma fotografia contundente e muito autoral em seu trabalho. Mesmo na correria das grandes redações, suas coberturas dos acontecimentos muito se assemelha com o documentário aprofundado das grandes reportagens. Em 2018, Marenco estreou como documentarista com o doc Contramaré, feito no Complexo de favelas da Maré, no Rio de Janeiro, e selecionado por festivais do mundo inteiro.

Exibindo todos 5 resultados